sexta-feira, julho 16, 2010

Dá-me um Abraço

2 comentários:

Mariz disse...

Salvé!
Penso que o Miguel Gameiro poderia ter escolhido outro clip para esta música...
tocar os instrumentos que sabe e pouco mais...
tantos figurantes...para nada! - Desfeiçoam a canção.
Quanto ao abraço...canção, ou carência?! - todos temos um pouco de melodia e a ausência de NÓS torna-nos mais sensíveis no campo dos afectos.
Sei que assim é, porque outrora senti isso.

Então...tome lá este abraço que lhe deixo.
Sempre...
Mariz

Ah! ando curiosa...gostaria de saber, como ou por quem, caiu de paraquedas no meu blog?!

Lourenço disse...

Olá, Mariz!

Concordo; a qualidade da letra merecia um clip mais "profundo". De qualquer forma penso que ele pretende transmitir a ideia de todo o tipo de abraços (amor, amizade, carinho, saudade, etc...)

Um abraço é sempre bem vindo - agradeço e retribuo; nos tempos que correm a vida tornou-se demasiado virtual e as pessoas esquecem-se da importância do convivio "in vivo".

Sigo com alguma frequência o weblogue "Terrear", do professor Matias Alves...gostei de um comentário que um blogger deixou no mesmo e fui explorar o seu blogue...por coincidência, nesse blogue, tinha um comentário da Mariz que também considerei pertinente e "voilá".

Não me recordo é do blogger que deixou o comentário no "terrear".

Saudações