segunda-feira, junho 14, 2010

Desacreditar a Evolução

Uma verdadeira prova contra a evolução, e realmente muito forte, seria a descoberta nem que fosse de um só fóssil no estrato geológico errado. Quando pediram a J. B. S. Haldane uma observação que refutasse a evolução ele deu esta resposta que ficou famosa: "coelhos fósseis no Pré-Câmbrico!". Nunca se encontraram esses fósseis nem outros verdadeiramente anacrónicos de qualquer tipo. Todos os fósseis que temos, surgem, sem uma única excepção válida na sequência temporal correcta. A evolução poderia ser facilmente refutada se um só fóssil surgisse no estrato errado. A evolução tem passado com distinção neste teste. Os cépticos deviam andar a escarafunchar nas rochas, numa procura de fósseis anacrónicos...talvez encontrem algum!
Adaptado de O espectáculo da vida, Richard Dawkins 

2 comentários:

Nuno Correia disse...

Um livro fabuloso. Sem o "pano de fundo ideológico" de Richard. Vamos aos factos! E ao longo do livro é uma sequência de factos.

Lourenço disse...

Viva, Nuno!
Obrigado pelo comentário.

Sim, é um livro muito bom. Permitiu-me clarificar algumas ideias "dúbias" que tinha sobre a evolução.
Como diria o Dawkins sobre a a mesma : "Não se trata de uma verdade evidente, tautológica, óbvia e houve tempos em que a maior parte das pessoas, mesmo as instruídas, pensava que não era. Não tem de ser verdade, mas é. Sabemos isso porque uma vaga crescente de provas o confirma - a evolução é um facto!".

Só quem não as conhece e/ou não as quer ver é que defende o contrário.

Saudações